Albardas e Alforges... nunca vi nada assim! Minto... já vi!
Domingo, 11 de Março de 2012
ABRAÇOS

 

O fotógrafo espanhol Samuel Aranda, ao serviço do prestigiado periódico The New York Times, foi o grande vencedor da edição 2011 da World Press Photo, com o retrato de uma iemenita a segurar nos seus braços um familiar ferido na sequência de confrontos com as forças policiais do ditador Ali Abdullah Saleh. A imagem foi captada no passado dia 15 de outubro de 2011 em Sanaa, capital do Iémen, no interior de uma mesquita usada como enfermaria improvisada pelos manifestantes anti-regime.

Mas o abraço desta mulher a este homem desprotegido e carente tem algo de profundamente inquietante. Coberta com panos negros, a mulher dir-se-ia um fantasma a confortar o seu parente. O ato é, ainda assim, de uma enorme ternura e despojamento, um sinal sincero de amor humano, a expressão do que alguns já apelidaram de “Pietà moderna”. Porque se esconde então a mulher? Esconder-se-á de si? Mas porquê, se os seus sentimentos são tão nobres? Esconder-se-á dos outros? Mas que sociedade é esta que obriga grande parte dos seus cidadãos a esta espécie de anonimato existencial? No passado dia dezasseis de fevereiro, três jornalistas do diário tunisino Attounissia foram detidos em Túnis por terem reproduzido a imagem de um abraço sensual do jogador de ascendência tunisina do Real Madrid, Sami Khedira, e da sua namorada alemã, a modelo Lena Gercke. As autoridades judiciais da Tunísia consideraram que a fotografia ofendia a moral pública. Mas poderão verdadeiramente ser condenáveis as manifestações de amparo, carinho ou amor? É a primeira vez que jornalistas são detidos por conteúdos publicados desde a “revolução de jasmin” que depôs o ditador Zine Ben Ali, revolução que alastrou a grande parte do mundo árabe num movimento de contestação generalizado aos regimes ditatoriais vigentes e que viria a ficar conhecido por “Primavera Árabe”. Mas será mesmo Primavera?

Diz-se que uma imagem vale mais do que mil palavras. Resta-nos a estupefação e a sabedoria serena de Alves Redol: “Talvez (…) o embalar da esperança valha mais do que o desespero da realidade desesperada.”

Hugo Fernandez

 



publicado por albardeiro às 19:10
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

RESCALDO

ESTADO DA QUESTÃO

EUROPA

ECONOMIA POLÍTICA

A MENTIRA

ELEIÇÕES

TIROS NO PORTA-AVIÕES

A NOVA ORDEM

INFORMAÇÃO

ERA UMA VEZ

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds