Albardas e Alforges... nunca vi nada assim! Minto... já vi!
Quarta-feira, 11 de Agosto de 2004
Poesia para o nosso 1º Ministro (continuação)

Parte VI


 


Pero Garcia, também chamado Burgalês por ser natural de Burgos, frequentou (tal como João Garcia Guilhade, a corte de Afonso III e também a de Afonso, o Sábio. Na seguinte sátira da sua autoria, o alvo trata-se de Maria Negra, no qual o poeta troça dos seus hábitos sexuais prolíficos, mesmo apesar de achar que Maria já não possui idade para isso. Conta-se que os hábitos sexuais de Maria Negra devam ter servido de motivo de chacota para bastantes mais trovadores, que lhe dedicaram 16 cantigas diferentes! (coitadita...)

Cantiga de Escárnio

Maria Negra, desventurada
é por muitas piças comprar,
que na mão lhe não querem durar
e cedo morrem à malfadada.
Um membro grande que comprou,
ao serão, ontem, o esfolou.
Mas outra tem, já amormada.

Ficou a pobre arruinada
por comprar piças. Que desventura!
Piça que compra pouco lhe dura.
Mal a mete na sua pousada
quer que ali morra de pulmoeira
ou torcilhão; doutra maneira
Maria Negra fica aguada.

Já dos seus bens está minguada
de tantas piças no ano perder,
que compra caras e vê morrer
pela humidade de casa molhada,
a estrebaria em que as afunda.
Tantas lhe morrem, que a velha imunda
por piças berra na terra deitada.


 


CONTINUA (DIZ QUE DISSE)


Tresanda a libertinagem...



publicado por albardeiro às 12:52
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De Isidoro de Machede a 12 de Agosto de 2004 às 13:28
Estou em pleno desacordo. O gaijo não merece porra. O gaijo é cadeleiro mas é básico!


De Plancie Herica a 11 de Agosto de 2004 às 23:35
Coitada... Mas ficamos descansados: afinal os gigolos existem em Portugal há que tempos!...
Um abraço,
Francisco Nunes


De Fonte dos Amores a 11 de Agosto de 2004 às 14:47
Caramba o homem leva cá um ramalhete.Ficamos na dúvida se ele merece tão boa "prosa". Aguardamos o desenlace.


Comentar post

pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

ECONOMIA POLÍTICA

A MENTIRA

ELEIÇÕES

TIROS NO PORTA-AVIÕES

A NOVA ORDEM

INFORMAÇÃO

ERA UMA VEZ

ILUSÃO FATAL

A LIÇÃO

SALVE-SE QUEM PUDER

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds